A fotografia

  Algumas pessoas têm me dito que começaram a nos seguir no Instagram, onde eu postava, praticamente, fotos da rotina do Tomé. Acontece que não estamos mais usando essa “gavetinha” moderna de arquivar lembranças, aqui na roça o “uairelés” não funciona. Mas, como a fotografia é um braço da nossa memória e não vivemos sem … Continue lendo A fotografia

O parto

Quando nos mudamos para cá Nina tinha sete meses de vida na minha barriga. Pensamos muito em como seria esse parto, mas nunca cogitamos a possibilidade de ela não nascer aqui. Em momento algum sentimos que precisaríamos de alguma estrutura que a cidade não poderia nos proporcionar, como um bom obstetra ou um hospital “seguro”, … Continue lendo O parto

A chuva

Chover sempre foi, pra mim e para minha vida agitada na cidade, um verbo carregado de transtornos. Sinônimo de trânsito intenso, frio, sapato molhado, guerra de sombrinhas na rua, dificuldade para sair de casa e por aí vai... Quase nunca me permiti olhar pra ela como algo realmente bom, quase sempre me faltou sensibilidade para … Continue lendo A chuva